top of page

Quais os principais tipos de marketplace e como escolher o seu?

Entenda quais os diferentes tipos de marketplace, suas diferenças, exemplos e como escolher o melhor para o seu negócio. Confira nosso guia!



Hoje, as empresas buscam canais eficientes, completos e baratos para melhor distribuir seus bens e serviços. No entanto, o desafio é atingir uma ampla audiência. A resposta? Marketplace!

Os marketplaces têm a capacidade de alcançar um público enorme, reduzindo os esforços de marketing, bem como seus custos operacionais.

Ao conectar fornecedores e clientes, o marketplace permite total conveniência na hora de compra, concentrando pedidos e pagamentos em uma só plataforma.

Assim, a empresa não precisa criar uma loja virtual do zero e nem um aplicativo. Basta apenas criar um perfil e montar seu catálogo.

No entanto, existem diferentes tipos de marketplace, sabia? Essas diferenças são importantes na hora de escolher a melhor plataforma para sua operação.

Para ajudar você a desvendar o tema, separamos uma explicação objetiva e eficiente sobre os tipos de marketplace. Que tal conferir?

É só seguir a leitura!


Quais os diferentes tipos de marketplace?

As plataformas de marketplace geralmente são classificadas pelo público-alvo, foco e abordagem de gestão da loja.

Embora muitas pessoas acreditem que um marketplace se refira apenas ao varejo online, ele abrange muitos setores, desde educação e indústria até saúde e seguros.

Ou seja, há vários nichos que podem ser explorados, bem como diferentes tipos de plataformas a serem conhecidas. Esse é um dos vários motivos para vender neste tipo de plataforma.

Que tal aprender mais?


Marketplace B2C - Business to Consumer

O marketplace B2C é o mais popular entre todos, com exemplos fáceis de lembrar, como a Amazon, Walmart, Ebay, Magalu, Americanas, entre vários outros.

Hoje, é comum que as principais marcas B2C possuam um marketplace — com lojas virtuais próprias.

É o caso da Adidas, que possui uma vitrine no Mercado Livre, um dos maiores marketplaces do Brasil.

No comércio B2C, falamos de empresas que vendem diretamente para os clientes finais.

A principai diferença com o marketplace B2B é que o B2C tem maior foco na potencialização do número de vendas e clientes, mesmo para pequenos negócios.

Assim, normalmente, há menos foco na criação de relacionamentos e mais em oferecer uma experiência ao cliente concisa e objetiva.


Marketplace B2B - Business to Business

Um marketplace B2B conecta organizações a outras empresas, por exemplo, varejistas, atacadistas ou fabricantes para comprar entre si.

O modelo B2B trata-se do comércio entre empresas, o que pode incluir insumos para sua cadeia produtiva ou mesmo equipamentos para o dia a dia (como materiais de escritório).

Com marketplaces B2B, é mais fácil para as organizações encontrarem opções além do seu mercado regional, aproveitando de uma maior variedade de bens e serviços, bem como de diferentes condições de pagamento.

Além de contar com um ticket médio normalmente maior, as empresas que possuem marketplace B2B aproveitam dos seguintes benefícios:

  • possibilita um início rápido das operações;

  • não é necessário um grande investimento inicial;

  • não há necessidade de criar sua própria loja virtual;

  • maior capacidade de distribuir produtos e serviços para mais clientes.

A ideia de um marketplace B2B está em automatizar o processo de compra e venda, proporcionar uma ótima experiência ao cliente(empresa) e melhorar a transparência dos negócios.


Marketplace C2C - Consumer to Consumer

O marketplace C2C pode ser comparado a uma venda de garagem, só que digital.

Aqui, na teoria, não há empresas envolvidas, mas sim consumidores finais vendendo para outros consumidores finais.

É um tipo mais comum na venda de produtos usados, como é o caso do Enjoei, por exemplo.

O Mercado Livre também ganhou muito terreno no comércio eletrônico brasileiro apostando nesse foco.

Na prática, marketplaces C2C conectam uma pessoa que tem um produto ou serviço a oferecer com outra pessoa que procura o mesmo produto ou serviço.

A distinção entre as pessoas que interagem com esses tipos de mercados é muito fluida. Um dia, alguém pode estar comprando algo no marketplace C2C e, no dia seguinte, pode ser que esteja oferecendo um produto ou serviço para compra.

Em escala mundial, podemos relacionar outros exemplos, como o eBay e o Airbnb.


Tipos de marketplaces por foco

Ainda há outra distinção que gostaríamos de abordar: os tipos de marketplaces por foco. Que tal conhecer?

Verticais

Um marketplace vertical entrega produtos ou serviços a um determinado setor ou categoria.

Por exemplo, fabricantes de aplicativos de smart cars (carros inteligentes) entregam soluções diretamente a fabricantes de smart cars.

Um exemplo no Brasil é a Elo7, que divide tanto o tipo B2B e C2C, mas que concentra-se no comércio de produtos artesanais.

Além disso, existem marketplaces que conectam clientes a prestadores de serviços especialistas, desde diaristas à jornalistas freelancers.

Ao escolher esse tipo de marketplace, você segmenta um nicho específico e, portanto, aumenta suas chances de se destacar dos concorrentes.

Horizontais

O marketplace horizontal pode ser relacionado a uma loja de departamentos, que atende a várias necessidades do consumidor, só que online.

É o caso da Amazon e Aliexpress, que vendem de tudo para o maior número possível de clientes.


Como escolher o tipo de marketplace ideal?

Ficou evidente que a escolha do marketplace ideal vai de encontro com sua filosofia de negócios, certo?

Ou seja, se a sua empresa já opera dentro do modelo B2B, apostar em um marketplace B2B pode ser uma boa.

No entanto, existem diferentes fatores que podem influenciar a sua decisão, como a investida em um mercado novo, criando um braço operacional focado em um tipo de negócio diferente do seu atual.

Tudo vai depender da avaliação de seus objetivos, bem como de seus produtos ou serviços, o posicionamento da sua marca e também sua capacidade de lidar com a concorrência.


E você, gostou de entender mais sobre o assunto? Esperamos que esse conteúdo ajude você a se contextualizar ainda mais sobre os tipos de marketplace e suas diferenças.

Para seguir aprendendo sobre o assunto, é só continuar de olho em nosso blog!


5 visualizações0 comentário
bottom of page